Íris Azul

Constituição[1] linfática refere-se ao sistema do corpo que se ocupa da reciclagem dos fluidos corporais. Reciclando os líquidos mantemos os tecidos do corpo limpos e livres dos produtos de eliminação e das toxinas. A linfa, o fluido que circula o sistema linfático, é um plasma claro, semelhante ao sangue, mas contendo apenas glóbulos brancos, cuja função é detectar e remover os detritos e identificar e aniquilar tudo que possa constituir uma ameaça para o organismo. É por isso que as preocupações fisiológicas predominantes no tipo constitucional linfático são a eliminação, a desintoxicação e a imunidade.


Afecções Comuns
As pessoas de constituição linfática tem tendência para focos de infecção e inflamações. As crianças de olhos azuis sofrem normalmente de corrimento nasal, garganta inflamada, otites e amidalites. Podem também ser suscetíveis a eczema, febre ou fenos e outras alergias. Essa afecção é, geralmente, devida ao excesso de produtos lácteos na sua dieta, e a um enfraquecimento das funções de desintoxicações do fígado e da pele.


O tipo Reumático
O tipo reumático, um subgrupo dos indivíduos de olhos azuis, tem tendências para reações e defesa exageradas, apesar de serem realmente fortes e não adoecerem com freqüência. Quando adoecem, geralmente tem febres altas e passageiras e se recuperam rapidamente. As suas reações emocionais são semelhantes: na altura podem parecer excessivas, mas as explosões são pouco freqüentes e passa depressa. As íris destas pessoas são caracterizadas por um embranquecimento generalizado de todas as fibras irídicas (o que significa reatividade), originando uma cor azul-pálida.


Tendências do tipo de íris azul
- Naturalmente adaptada a um clima mais frio.
- Propenso a distúrbios do sistema linfático, a rede de drenagem do organismo.
- Irritabilidade das membranas mucosas, especialmente das vias aéreas superiores, mas também dos tractos gastrointestinais e urinários e da pele.
- Níveis de acidez aumentados, perturbações da função renal.
- Reações reumáticas e alérgicas.
- Suscetíveis a ocorrência de febre.


Alimentos a evitar
Produtos lácteos: O leite, o queijo e as natas são produtores de muco e freqüentemente responsáveis por afecções cutâneas e das membranas mucosas, tais como fleuma, eczema, febre dos fenos, SCI (Síndrome do Cólon Irritável e asma.

Proteínas e gordura animal: A carne, suína e bovina e os produtos lácteos produzem níveis elevados de produtos tóxicos e podem provocar obstipação e a conseqüente auto-intoxicação, em que as toxinas são retidas num intestino lento ou obstipado e se escoam para os tecidos circundantes e a corrente sanguínea. A eliminação, quando é insuficiente, constitui um risco considerável para a saúde. Consuma estes alimentos em pequenas quantidades, se não conseguir evitá-los completamente. Se é consumidor de carne, tente evitar carne vermelha e a carne de porco e, se possível adquira produtos biológicos.

Açúcar, hidratos de carbono refinados como os produtos de farinha polida, alimentos processados e aditivos alimentares: Estes alimentos devem ser evitados, uma vez que perturbam o equilíbrio do PH do seu organismo. Enfraquecem o Organismo, formando excreções acidas como o acido úrico e o ácido lático, causas freqüentes de inflamações, especialmente reumáticas e artrítica.

Café, álcool e bebidas gaseificadas ou açucaradas: Aumentam a desidratação e a acides e, portanto, a nossa necessidade de água. Corte elas ou reduza sua ingestão.

Plantas benéficas
Purificadores: Dente de Leão, bardana, urtiga, amor-de-hortelã, milefólio, verbasco, tanchagem e trevo vermelho são ervas muito eficazes para o fígado, rins, baço e sistema linfático.

Reforço da imunidade: ênula-campana, alho, anil silvestre, flor de sabugueiro, bagas de sabugueiro e trevo vermelho.

Aquecimento / energia: Use gengibre, canela, pimenta preta, mostarda e astrágalo.

Tratamento: Rompimento da coroa aos 14 anos, lacuna aos 31 anos. Esses sinais correspondem a eventos ocorridos na vida da pessoa, e podem ser tratados nas respectivas vértebras: D1 e L5.
O tratamento se da com um uso da Essência Flor de Íris “Portal do Tempo Gel” nas vértebras indicadas, e com “Portal do Tempo” via oral, 11 gotas pela manhã e 11 gotas ao fim da tarde.
Pelo fato desta Íris azul mostrar uma pessoa bastante suscetível ao meio em que vive, é interessante o uso da Essência Flor de Íris “Proteção e Equilíbrio” 4 gotas ao meio da manhã e 4 gotas ao meio da tarde.


[1] Constituição: Organização. Compleição (Constituição física de alguém; organização; temperamento; disposição de espírito.) CORPORAL; conjunto de características morfo fisiopatológicos hereditários ou adquiridos de uma pessoa.

[ Voltar ]